quinta-feira, 21 de maio de 2015

O Sétimo Filho

Ano de lançamento: 2015
Direção: Sergei Bodrov
Elenco:  Ben Barnes, Jeff Bridges, Julianne Moore e Alicia Vinkander
Gênero: Aventura/Fantasia
Duração: 102 minutos
Sinopse: John Gregory (Bridges) é o sétimo filho do sétimo filho e mantém uma cidade do século XVIII relativamente bem e longe dos maus espíritos. No entanto, ele não é mais jovem e suas tentativas de treinar um sucessor foram todas mal sucedidas. Sua última esperança é um menino chamado Thomas Ward (Barnes), filho de um jovem fazendeiro. Seu primeiro desafio será grande: Ele terá que enfrentar a Mãe Malkin (Moore), uma terrível e poderosa bruxa, que escapou do seu confinamento quando o grande mestre Gregory estava afastado da cidade.

O Sétimo Filho era um longa que eu já planejava assistir a muito tempo; desde que descobri sobre esta adaptação de O Aprendiz, de Joseph Delaney, fiquei curiosa - embora um pouco cautelosa, dadas as diferenças que encontrei no trailer com relação à obra original - para saber como o filme ficaria... porém, a produção do longa atrasou muuito (as filmagens começaram em 2012, e só no início deste ano saiu o filme nos cinemas), e o entusiasmo acabou esfriando! Esta semana, no entanto, me lembrei novamente dele, e resolvi dar uma chance para o filme... e, apesar de não ter achado aquilo tudo, gostei muito da obra! É uma aventura bem construída, com personagens cativantes e efeitos especiais de primeira... vale a pena assistir!




Primeiramente, quero dar um aviso aqueles que, como eu, já leram o livro O Aprendiz: assistam ao filme com a mente aberta, porque a adaptação não tem muito a ver com a história original! Algumas diferenças são bem visíveis já no trailer (como a idade do Tom e da Alice e a história da Mãe Malkin) , e outras mais se mostram no decorrer da narrativa... no final das contas, foi quase como a adaptação de Vampire Diaries para a série de TV: só os nomes dos personagens e o esboço da trama central permanecem os mesmos, o resto é totalmente novo! E isso, por incrível que pareça, foi o que achei mais legal no filme... afinal, ambas as histórias são muito bem feitas, e as grandes diferenças entre elas impedem que fiquemos fazendo aquela inevitável comparação a cada cena! Sem contar que o filme provê toda uma nova história para os fãs de mestre Gregory e o aprendiz Tom Ward... Nada a reclamar neste sentido!


A trama do filme é interessante (carece um pouco de surpresas e traz aquela aventura à lá Sessão da Tarde, mas ainda assim é bem legal de ver!), mas o que achei o ponto forte da obra foram os efeitos especiais: as transformações das bruxas, os monstros, uma cachoeira gigante em que Tom cai em certo ponto da narrativa...  tudo muito bem feito, e sem dar aquele ar de "Doctor Who na 1ª temporada", que parece comum nas fantasias de baixo orçamento! Aliás, se tem uma coisa que não dá pra dizer deste filme, é que ele tenha sido de baixo orçamento... afinal, foram quase 100 milhões de dólares gastos na adaptação! Bom, todo este money tinha que trazer resultados, né? Ao menos o filme tem efeitos gráficos invejáveis, e deve ter ficado incrível para assistir em 3D!


Outro ponto positivo para o filme foi o elenco de peso: dos experientes Jeff Bridges e Julianne Moore (que brilham nos papéis do sarcástico Caça-Feitiço e da perigosa Mãe Malkin, respectivamente), à talentosíssima Alicia Vinkander (que fez uma Alice encantadora, e passou muito bem a ambiguidade da personagem!), passando pelo incrível Kit Harrington (nosso Jon Snow brilhou nos poucos minutos em que apareceu no filme, como Bill Bradley!)... todos ótimos atores, que arrasaram em seus respectivos papéis! Ressalvas apenas para Ben Barnes, que poderia ter sido um pouco mais carismático como Thomas Ward... não que ele tenha atuado mal, mas havia espaço para melhorar! Na real, se eu pudesse escolher, diria que o Kit ficaria bem melhor como Tom do que o Ben... mas, como sou fã assumida do ator, sou suspeita pra falar! 


Enfim, O Sétimo Filho não é aquele filme 5 estrelas, que vai mudar a sua vida e ocupar seus pensamentos por semanas... mas, ainda assim, vale a pena assisti-lo! Altamente indicado para os fãs de fantasia, de aventuras com pegada mais juvenil e de personagens fortes com um humor sarcástico... quem curte filmes assim, pode assistir sem medo! ;)

2 comentários:

  1. Paty, eu li os três primeiros livros da série "O aprendiz" e AMEI!!
    Quando vi que ia sair filme eu pensei que não seria bom, já que geralmente os filmes não saem conforme os livros, mas também já aprendi que não da pra comparar! Tem que assistir como se fosse um filme qualquer.
    Em breve vou assistir!

    =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sheylla!
      O melhor para assistir a esse filme é realmente deixar de lado a história dos livros, já que é tudo tão diferente... fazendo isso, dá pra aproveitar bem a adaptação! E eu adorei, é como se fosse outra história do Tom e do mestre Gregory!

      Excluir

Já que está aqui, que tal comentar? Não custa nada, e ajuda a fazer o dia de uma blogueira mais feliz!